Blog

12 de maio de 2022

O que eu aprendi sobre amor próprio e representatividade com a Lizzo

Primeiro de tudo, um aviso: eu sou fã dessa mulher. Sei cantar todas as músicas, e sempre que posso recomendo às pessoas assistirem a apresentação dela no Tiny Desk.

Sendo assim, ver ela falando ao vivo era uma das atrações mais aguardadas da minha experiência na SXSW 2022. Não sei se sou capaz de pôr em palavras exatas o sentimento de inspiração e coletivo que a fala dela proporcionou para todo mundo que estava naquele salão, mas foi algo que mexeu muito comigo.

Acho que assim como a experiência de um show ao vivo, você tem que estar lá pra sentir a magia.

Durante sua uma hora de palestra, Lizzo compartilhou muitas reflexões sobre sua trajetória na indústria do show business e na construção de um amor próprio. Além de ser muito inspirador pra mim tanto em aspectos profissionais quanto pessoais ouvir sobre sua história de vida, o painel serviu para mostrar o quanto ela é uma artista preocupada em construir uma equipe de mulheres fortes que se apoia e cresce junto desde 2011. Diante das oportunidades que ela teve na sua carreira, ela alavancou todo um ecossistema de mulheres grandes e negras.

Importante destacar que um dos propósitos da sua palestra era promover o seu reality show produzido junto com a Amazon Prime Video, “Watch Out for the Big Grrrls“. No programa, acompanhamos o processo da cantora de selecionar as dançarinas que participarão da sua turnê de 2022. A série foi disponibilizada no dia 25 de março, mas infelizmente não foi lançada no catálogo brasileiro.

Veja também